A ENTREGA DE UMA CÓPIA DO PRÉ-PROJETO E DO CURRICULUM LATTES COM COMPROVANTES DEVERÃO SER ENTREGUES NA SECRETARIA DO PPGSA NO HORÁRIO DE 09 ÀS 15H.

 

 

O PPGSA (Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia),o PPGEDAM (Programa de Pós-Graduação em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) em cooperação com a Universidade Paris 13 (Sorbonne – Paris – Cité) organizam o VI Colóquio Franco Brasileiro “Desafios sociopolíticos da gestão da água e governança territorial”. O evento, apoiado pelo PAEP/CAPES e PAEV/UFPA, ocorrerá nos dias 29 a 31 de outubro de 2019 nas dependências do Núcleo de Meio Ambiente da UFPA. A iniciativa está inserida entre as atividades do projeto de pesquisa homônimo (MCTI/CNPq) para compartilhar e discutir resultados de uma experiência de investigação iniciada em abril de 2017, sob a perspectiva socioterritorial e política da água, materializada em eixos que na Amazônia se expressam em formas diversas constituindo-se em eixos organizadores de sócio-sistemas de ilhas, margens, fluxos interrompidos, lagos artificiais etc.

Pesquisadoras e pesquisadores brasileiros e franceses, interessados na articulação da ação pública com o território e o ambiente que nesta oportunidade se reúnem e querem com o público acadêmico e não-acadêmico, contribuir ainda mais com uma cooperação internacional, viva, há mais de uma década, que vem sendo nutrida com a formação interdisciplinar, a produção e divulgação de conhecimentos com foco principal na Amazônia. A Amazônia da água em suas múltiplas presenças - rio, igarapés, lagos, estuário, mar - se impõe como um ator maior que excede largamente zonas urbanizadas e não-urbanizadas, contribuindo para a construção do laço entre mundos urbanos diferenciados que se conectam. É a abordagem sociopolítica que se pretende colocar à prova em três dias de atividade, a partir de resultados obtidos em pesquisa levada a efeito em territórios específicos cujas dinâmicas são marcadas por eventos resultantes de uma vontade política relacionada à questão da água e por uma mobilização dos atores locais levando cada território a adotar uma nova visão do seu futuro, justificadora, pela perspectiva desses mesmos atores, da implementação de novas estratégias concernentes ao ordenamento e ao desenvolvimento de seus territórios.

Mais informações:

http://www.numa.ufpa.br/index.php/noticias/351-vi-coloquio-franco-brasileiro-desafios-sociopoliticos-da-gestao-da-agua-e-governanca-territorial-ufpa-universite-paris-13




 

E

A Coordenação e demais pesquisadoras/es associadas/os do GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS “ENEIDA DE MORAES” SOBRE MULHER E RELAÇÕES DE GÊNERO – GEPEM convidam professoras/es, pesquisadoras/es, estudantes, especialistas, profissionais, movimentos sociais e integrantes dos diversos Grupos e Núcleos, Centros e Programas de Pesquisas e Estudos sobre a questão de gênero e mulheres das diversas Regiões para participarem do V ENCONTRO AMAZÔNICO- MULHERES AMAZÔNIDAS: DEMOCRACIA, RESISTÊNCIAS, CONSTRUÇÃO DE SABERES, intencionando avaliar o impacto, no campo acadêmico (ensino, pesquisa e extensão), dos estudos sobre mulheres e relações de gêneros na Amazônia. O Encontro objetiva: a) reforçar a rede de pesquisadoras/pesquisadores, estudantes, profissionais e membros de movimentos sociais voltados à pesquisa das relações de gênero e a suas aplicações na região amazônica; b) identificar áreas que necessitam atenção de pesquisa, de formação de recursos humanos e de fundamentação de políticas públicas promotoras de equidade de gênero; c) dar visibilidade acadêmica e na sociedade mais ampla ao tema da diversidade de gênero na Amazônia; d) fortalecer a teoria crítica feminista latino-americana que tem fomentado estudos sobre as mulheres com base na interseccionalidade, perspectiva esta que interage em níveis múltiplos nas questões de gênero, classe, raça, capacidade, orientação sexual, religião, idade e demais eixos de identidade; e) construir parcerias com as organizações de mulheres da Amazônia, visando ao intercâmbio de saberes para contribuir nas demandas de políticas sociais; f) estimular a linha de publicações já iniciada nos encontros anteriores, prevendo a difusão, maior alcance e circulação dos estudos realizados na Região Norte sobre  essas questões.

O V Encontro reveste-se de especial importância por duas razões principais. De um lado, pela crescente relevância da temática, quando as demandas sociais por crescimento econômico inclusivo e respeitoso dos limites ambientais incluem, em ampla medida, a atenção às injustiças baseadas nas relações sociais de gênero. De outro lado, o evento marca os 25 anos de existência do GEPEM, cuja trajetória acumula vasta produção de pesquisa, extensão e ensino, este último com presença de docentes em diferentes cursos de graduação, pós-graduação e de outros níveis no âmbito da UFPA e, também, em instituições de outras regiões.

Contato: Grupo de Estudos e Pesquisas "Eneida de Moraes"sobre Mulher e Relações de Gênero  - 

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - Universidade Federal do Pará.

Rua Augusto Corrêa, 01- CEP: 66075-110, Guamá, Belém - PA.

Tel.: 3201-8215. E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..