Doutorado em Antropologia:

Disciplinas Obrigatórias:

- Epistemologia das Ciências Humanas

- Teoria Antropológica I

- Teoria Antropológica II

- Teoria Antropológica III

- Teoria Sociológica I

- Metodologia das Ciências Sociais 

- Seminário de Tese

------

   Doutorado em Sociologia

Disciplinas Obrigatórias:

- Epistemologia das Ciências Humanas

- Teoria Sociológica I

- Teoria Sociológica II

- Teoria Sociológica III

- Teoria Antropológica I

- Metodologia das Ciências Sociais

- Seminário de Tese

----

   Mestrado em Antropologia

Disciplinas Obrigatórias

- Teoria Antropológica I

- Teoria Antropológica II

- Teoria Sociológica I

- Metodologia das Ciências Sociais

- Seminário de Dissertação

--------

   Mestrado em Sociologia

Disciplinas Obrigatórias: 

- Teoria Sociológica I

- Teoria Sociológica II

- Teoria Antropológica I

- Metodologia das Ciências Sociais

- Seminário de Dissertação

------

 

Sociologia Brasileira

Sociologia Econômica

Disciplinas Obrigatórias 2018-2

Teoria Sociológica II

Programas Disciplinas Optativas 2018 -2

Trabalho e desigualdades sociais na América Latina

Etnologia e Religião

Histórias Indígenas e quilombolas não contadas nos livros didáticos

Sociologia e Realidade da Amazônia

Teoria Social e Cultura

 

Integralização curricular para Mestrado e Doutorado

Estrutura Curricular

 

Mestrado  

1. Disciplinas obrigatórias  

Teoria Antropológica I

Ementa: O objetivo do curso é oferecer uma introdução à história do pensamento antropológico, considerando as principais correntes teóricas que surgiram desde meados do século XIX até meados do século XX, as quais contribuíram para a formação da antropologia como disciplina acadêmica: evolucionismo social inglês e culturalismo norte-americano, estruturalfuncionalismo inglês e estruturalismo francês. A leitura e conhecimento dos pressupostos teóricos e metodológicos de autores e autoras considerados clássicos orientam discentes na compreensão das fundamentações da Antropologia.

Teoria Antropológica II 

Ementa: 

Teoria Sociológica I 

Teoria Sociológica II 

Metodologias Avançadas das Ciências Sociais 

Ementa: Apresenta a metodologia própria às Ciências Sociais, em particular à Antropologia e Sociologia, discute a construção do problema, a delimitação do objeto de pesquisa e apresenta os instrumentos metodológicos necessários à produção do conhecimento. Discute o método e as técnicas de pesquisa em um quadro mais amplo dentro da Antropologia e Sociologia. As formas, maneiras ou modos de investigação com base em arquivos, textos escritos diversos e imagens, são tematizadas sob o ponto de vista do fazer antropológico e sociológico. Produção e organização de dados, bem como os problemas associados à produção de texto são igualmente estudados. Oferece destaque à discussão sobre o trabalho de campo e a etnografia, ambos discutidos como marco reflexivo da produção de técnicas de pesquisa. Problematiza temas frequentemente geradores de tensão: a relação do pesquisador com “os nativos” (e a própria produção da categoria “nativo”), a produção de informação a partir das anotações do trabalho de campo, entrevistas e histórias de vida, análise de linguagens, a ética na pesquisa antropológica. Produção do projeto de dissertação/tese. 

Seminário de Dissertação

Ementa: Habilitar mestrandos na utilização dos recursos da metodologia da investigação e da metodologia da explicação no processo da produção acadêmica na área das ciências sociais.

 

Doutorado 

2. Disciplinas obrigatórias 

Epistemologia das Ciências Humanas 

Ementa: 

Seminário de Tese 

Ementa: Habilitar doutorandos na utilização dos recursos da metodologia da investigação e da metodologia da explicação no processo da produção acadêmica na área das ciências sociais.

Teoria Antropológica III 

Ementa: 

Teoria Sociológica III

Ementa: Esta disciplina se propõe a repassar a teoria sociologia que serviu de base as interpretações sobre a América Latina, e sua critica. Igualmente serão visitadas correntes teóricas, metodologias, autores e obras que fomentavam uma reflexão critica sobre atores e processos sociais, econômicas e políticas, na trajetória da Sociologia latino-americana. Teorias da modernização. Modernidade. Eurocentrismo, colonialismo e novos esquemas interpretativos sobre o poder, a dominação, sobre o estado e as políticas. Pós-colonialismo. Teorias e criticas do desenvolvimento e pós-desenvolvimento. Debate no sentido de orientar a leitura sobre a descolonização do saber e a produção de uma sociologia integrada aos processos históricos da América Latina, e da reflexão epistemológica.
Nesta linha de discussão a disciplina procurara desenhar a trajetória do debate sobre desenvolvimento, dependência e emancipação buscando entender as  genealogias, problemas e desafíos teóricos e metodológicos das ciências sociais latinoamericanas no século XXI.
A noção de desenvolvimento demarca o surgimento da sociologia, desde os clássicos, se considerarmos que a noção de progresso esteve na base da formação do pensamento social potencializada no ocidente. Progresso e desenvolvimento na linha do tempo, como linearidade. A partir dessa base se pode entender os projetos intelectuais, os programas políticos e as utopias sociais  que conformaram a segunda metade do século XIX e o XX. E a institucionalização das ciências sociais no século XX e XXI, tendo a noção de desenvolvimento como base epistemológica . Desconstrução e exercício existemlógico da concepção ocidental da sociologia, e da ocidentalização da sociologia latinoamericana.

 

Mestrado e Doutorado 

3. Disciplinas optativas (60H)

Antropologia Econômica e Política

Ementa: A disciplina objetiva articular noções teóricas da antropologia econômica com a realidade cotidiana de nossos contextos rurais e urbanos. Através da referência dada pelos textos sugeridos na bibliografia, pretendemos discutir instituições como o mercado e o Estado, conjugar o econômico com o cultural e o político, a exemplo dos fatos sociais totais de Marcel Mauss.

Paisagens, Memórias e Sociabilidades no Mundo Urbano Contemporâneo

Ementa:

Antropologia da Saúde

Ementa:

Leituras sobre Sociedade, Cultura, Meio Ambiente e Territórios

Ementa: A disciplina aborda conceitos e questões clássicas que tem norteado o pensamento antropológico e tematizam a relação das populações humanas e o meio biofísico; conceitos de cultura e natureza, uma construção cultural ocidental, são postos em oposição e geram outras oposições: ambiente/sociedade, humano/não humano, selvagem/civilizado dentre outros. As primeiras tentativas de desconstruir as oposições para pensar a relação entre humanos e ambiente não conseguem eliminar esses conceitos centrais; o pluralismo ontológico e o pluriverso, em oposição ao universal construído a partir do ocidente; a ciência ocidental versus conhecimentos tradicionais; o debate sobre a proteção da natureza e a questão do território: conservação x preservação.

Sociologia da Ação Local: Atores, Território, Governança e os Desafios Políticos do Desenvolvimento Sustentável

Ementa:

 

4. Disciplinas eletivas (30H)

Acerca do Poder da Imagem

Ementa:

Teoria das Classes Sociais

Ementa: O conceito de classe em sociologia é fundamental para a compreensão da estruturação do mundo social, de suas contradições, conflitos e permanências. Como tal é extremamente polêmico e sujeito a várias interpretações. Pressupõe hierarquias de riqueza, prestígio e poder, que implicam em desigualdades econômicas, políticas, sociais e culturais presentes em todas as sociedades. A revolução industrial e as mudanças espaciais e temporais na produção, com a concentração de trabalhadores nas cidades, tornaram seus conflitos mais visíveis, assim como a formação de culturas de classe. Apesar de refletir fortemente uma situação econômica na forma como os indivíduos se inserem no processo produtivo, a formação de identidades de classe vai além desse processo, incluindo formas de valoração cultural, lutas políticas e questões interseccionais como gênero e raça. A disciplina busca discutir esse processo partindo dos autores clássicos e contemporâneos da sociologia para analisar a situação brasileira. Em termos tópicos pretende abordar a formação das classes sociais e sua relevância no capitalismo contemporâneo, a partir das correntes clássicas e seus desdobramentos, com conceitos e teorias que lhe são complementares ou que a contestam como estratificação social, elites, hierarquias de classe, estilos de vida, mobilidades, desigualdades, e lutas de classes.  

Sociologia da Conflitualidade: Violência, Literatura e Trabalho 

Ementa: O seminário pretende analisar a Sociologia da Conflitualidade na América Latina. Por um lado, serão estudadas as violências estruturais, a precarização do trabalho e a desigualdade social. Por outro, será estudado o campo intelectual da Sociologia do Romance e do romance policial. Por fim, serão analisados distintos romances da violência na Modernidade Tardia.

Organização Social e Parentesco

Ementa:

Sociologia da Pierre Bourdieu

Ementa:

Comida e Alimento: Aspectos Socioculturais

Ementa: