O programa de pós graduação em Sociologia e Antropologia está oferecendo 20 vagas para alunos da UFPA e de outras instituições para o minicurso "Trabalho e desigualdades sociais na América Latina".

O minicurso será ministrado pelas professoras Maria Izabel de Medeiros Valle (PPGSC/UFAM) e Daniela Ribeiro de Oliveira (PPGSA) e ocorrerá de 24 a 28 de setembro, de 15 às 19 horas.  As inscrições deverão ser feitas pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até o dia 19 de setembro. 

O curso pretende analisar o processo de desconstrução do mundo do trabalho e a nova morfologia do trabalho na América Latina. Partindo da configuração do capitalismo no século XXI, serão analisados a precarização do trabalho, a reforma trabalhista e os direitos sociais, as desigualdades sociais e, por fim, as formas de resistência dos trabalhadores (sindicados e movimentos sociais).

Trabalho e desigualdades sociais na américa Latina

 Informamos  que a Fulbright, por razões de força maior, cancelou o Workshop que realizaria na Universidade Federal do Pará, nos dias 5 e 6 de setembro de 2018. Entretanto, propôs ministrar a palestra "Comissão Fulbright: oportunidades de estudar nos Estados Unidos", a ser proferida por Luís Pedroso, da Fulbright, em Belém, no dia 06/09/2018, às 15h30, no Auditório do IEMCI. 

O Programa de Pós Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Pará presta irrestrita solidariedade aos colegas professores, aos alunos e aos funcionários do Museu Nacional no Rio de Janeiro como também a toda comunidade científica do Brasil, pelas perdas irreparáveis de um patrimônio cultural universal. Coleções valiosas e insubstituíveis se perderam.

Desde 1818, quando foi criado, o MN tem abrigado um valioso acervo cultural e exposto resultados de pesquisas científicas de relevância internacional na área  ambiental, da paleontologia, da antropologia, arqueologia, historia natural, dentre outras. Abrigava coleções etnográficas nacionais e estrangeiras, peças e documentos de valor inestimável. Tudo isso se perdeu, e a data de 02 de setembro de 2018 fica marcada como uma das maiores tragédias da história da ciência mundial. 

Repudiamos a atual política do governo federal para a área de educação, ciência e cultura que tem promovido o sucateamento das instituições de ensino e pesquisa, onde predomina o descaso pelos bens culturais e seu patrimônio histórico, o que certamente contribuiu para a iminente tragédia que hoje se abateu sobre a ciência brasileira.

Inscrições gratuitas em https://www.even3.com.br/100anosdamortedeGeorgSimmel

 Programação de palestras: 

9h30 – Benjamin, leitor de Simmel – Prof. Dr. Ernani Chaves (UFPA/Belém)

10h30 – Ética da Liberdade – Prof. Dr. Esteban Vernik (UBA/Buenos Aires)

12h - Intervalo

 14h – De Rodin a Rembrandt: sobre o presente e a vida em Simmel – Prof. Dr. Heraldo de Cristo Miranda (IFPA/ Belém)

 15h – Figuras páreas em Simmel: a mulher, o pobre, o estrangeiro – Profª. Dra. Patrícia da Silva Santos (UFPA/Belém)

 16h – Simmel, Sombart, Weber: a discussão sobre o capitalismo em 1900 – Prof. Dr. Leopoldo Waizbort (USP/ São Paulo)